15 abril 2008

III Rotas do Marão - Relato

Logística e partida para o local
Saída muito madrugadora...
No dia anterior estive a montar com o Obelisko o novo suporte de tejadilho porque era na sua carrinha que íamos viajar e assim sempre se levam as bikes melhor.
Boa estrada até Amarante, tudo bem sinalizado à chegada, fomos os primeiros a parar o carro no parque das piscinas.


Partida
Tardia!
Mais uma vez a organização de uma prova de btt não soube dar-se ao respeito e não respeitou o horário. É muito chato chegar a horas e ver muita gente, já atrasada, estar na maior das "descontrações" sem se dirigir rapidamente para a partida.

Quanto à partida em duas fases acho o seguinte:
Eu compreendo, aceito e até acho bem que se mostre a cidade/vila/aldeia àqueles que a visitam. Mas é pedir muito que o carro guia circule em ritmo lento para o pelotão ir compacto? E porquê parar tudo à espera da segunda largada? Porque não, simplesmente tocar uma sineta ou algo do género, o carro sair do caminho e os atletas seguirem então em ritmo livre? Acho que seria bem melhor...

Percurso
Fabuloso na sua dureza, fabuloso na paisagem...
Trilhos muito duros dado o tempo que se fez sentir, com as descidas em muitos casos a serem feitas em cima de muita pedra solta, o que para mim é terrível...
Subidas terríveis dada a lama a fazerem sobressair o melhor atleta em cada um de nós.

Os abastecimentos, 5 no total da Maratona, muito bons, com pessoal muito prestável mesmo. Aqueles pães com chouriço eram um espectáculo.

Mesmo nos postos de controlo o pessoal era impecável e super prestável.

As marcações eram eficientes mas pouparam algum dinheiro nas fitas. Era fácil alguém menos bem intencionado tirar uma e "estragar a ficha" à organização.
Aconteceu-me a mim andar perdido por causa dessa situação. Mesmo quando já ia acompanhado pelo "organizador vassoura" aconteceu o mesmo. Só que ele, conhecedor da região, resolveu rapidamente a situação e encontramos o caminho num instante... Pelo menos ela sabia para que lado ficava Amarante...

Por último o pormenor do tal "organizador vassoura" ou "atleta vassoura"... Um companheiro impecável que nos levou até ao final, primeiro ao Obelisko apenas depois também a mim. Uma excelente ideia porque é muito diferente ser acompanhado por um colega ou por alguém num carro.

Banhos e almoço
Banho bom, considerando que fomos os últimos e a água ainda não estava gelada. eh eh

Quanto ao almoço... Mau. Mau mesmo. Eu sei que cheguei no fim e foi preciso ir fazer mais vitela para 4 pessoas... mas não é razão para estar mau. O arroz ainda era pior. Desculpem, mas para achar má a comida depois de 7h35 mn a pedalar é porque não era mesmo boa... Já não havia sobremesa, mas enfim, também não era cedo e o café também não ajudou

Coisas
O pessoal sempre impecável fosse qual fosse a situação foi o aspecto mais marcante do dia.

E o monumental empeno!!!
Fiquei em último da Maratona, mas cheguei dentro do controlo.

Aspectos a melhorar
O almoço e a partida em duas fases... Estudem a possibilidade de a fazer lançada...

2 Comentários:

Obelisko disse...

Boas!

Vá á, não sejam modesto.

Tu não ficaste em último... Nós ficámos em último.
Mas, sublinhemos, últimos dos que conseguiram acabar a Maratona o que já mete muito respeito...

E só assim podíamos ser dignos de usar orgulhosamente o jersey da Maratona em futuras ocasiões!

Um abraço

Obelisko

Obelisko disse...

E para mostrar que adoramos desafios...

PORTALEGRE aí vamos nós!!!


Obelisko